Quais as vantagens de uma holding familiar?

O holding é um modelo de administração de empresas que está cada vez mais popular, isso por causa dos benefícios que ele oferece.

holding familiar


Originário do inglês, “to hold” esse modelo funciona como um modo de centralizar a administração de uma ou mais empresas.

Com o holding a gestão da empresa poderá controlar as decisões e a forma de gestão das suas subsidiárias.

Embora haja várias modalidades, este texto irá focar apenas em holding familiar e quais as vantagens que esse tipo de organização oferece.

O que é um holding familiar?


O holding familiar funciona quando uma família onde os indivíduos são pessoas jurídicas e possuem empresas de ramos de atividades diferentes, resolvem criar um vínculo.

Com isso, eles estarão garantindo a segurança do patrimônio familiar, além de uma centralização na gestão das empresas participantes.

Sendo assim eles poderão eliminar gastos excessivos, supérfluos, investimentos impensados, pois haverá políticas para moldar essas decisões financeiras.

É preciso ressaltar que o holding só funciona para empresas de médio a grande porte e que sejam de ramos diferentes.

O maior exemplo de holding é a Walmart, empresa americana que é uma gigante no mercado mundial.

Já aqui no Brasil o maior exemplo é o Grupo Globo, administrada pelos descendentes de Roberto Marinho.

Para ficar mais claro, o holding funcionará como uma cabeça, onde ela será a sócia majoritária e controlará a política de decisões referentes a gestão das subsidiárias.

Esse modelo administrativo se divide em duas partes, são elas:

Holding Familiar Pura - Criada apenas para a pura administração, ou seja, sua finalidade é apenas para controlar e gerenciar os bens e sociedade;
Holding Familiar Mista - Na prática, funciona também como uma forma de controlar, entretanto suas finalidades se estendem para outras atividades empresariais.

Quais são as vantagens da holding familiar?


Como citado no começo do texto, esse modelo administrativo é muito requisitado por oferecer facilidades e benefícios para os empresários, dentre as principais vantagens estão:

Planejamento Financeiro


Um dos principais aspectos de uma holding familiar é a proteção patrimonial, também conhecida como blindagem patrimonial, tópico que será explicado mais à frente.

Outra vantagem é a diminuição da carga tributária, o que tem um benefício direito sobre o lucro da empresa, quanto menos impostos a pagar, mais dinheiro irá sobre de lucro.

Entretanto, há a necessidade da holding ter um planejamento orçamentário muito bem elaborado, para isso é preciso saber como ele funciona.

Planejamento Tributário


Ao falar de planejamento tributário é preciso se atentar a dois conceitos que são os mais importantes desse tópico: Evasão e elisão fiscal.

Enquanto a evasão é um tema que as companhias precisam evitar, pois remete à redução ilegal da carga tributária, a elisão é um dos objetivos do planejamento tributário, pois é o oposto da evasão.

O capital social da holding é a união dos bens das pessoas físicas que dela participam, assim como as participações societárias.

Logo, essa sociedade é composto na forma de elisão fiscal, ou seja, a redução de carga tributária por meios legais.

No contrato social estará previsto o percentual das quotas que irá definir como será divido o lucro líquido da holding.

Como já dito anteriormente, por ter redução da carga tributária, há maior lucratividade, além disso os dividendos divididos entre os sócios estão isentos de imposto de renda.

Blindagem Patrimonial


A blindagem patrimonial, como o nome já diz, são as ações cujo único objetivo é proteger o patrimônio pessoal contra agentes externos.

Há também a proteção contra fatores internos, tais como divórcios, separações litigiosas, entre outros.

Entretanto, a blindagem só é possível se a holding operar dentro dos meios legais e possuir os planejamentos tributário, financeiro e sucessório corretamente.

Planejamento sucessório (sucessão patrimonial)


Este é o ponto mais buscado pelas famílias que optam pela holding, pois evita um processo desgastante, o inventário.

A holding facilita a sucessão patrimonial, ou seja, com regras predefinidas na construção do contrato societário, os herdeiros terão mais facilidade para receber os bens que tem direito.

Quais são as vantagens e desvantagens de uma holding familiar?


Foi visto até agora algumas das vantagens desse modelo administrativo, agora um resumo sucinto de todos os benefícios:

  • Redução da carga tributária incidente sobre os rendimentos da pessoa física (IRPF);
  • Evitar conflitos no planejamento sucessório;
  • Retorno de capital sob a forma de lucros e dividendos sem tributação;
  • Resguarda do patrimônio, tendo em vista que problemas de sucessão patrimonial são solucionados;
  • Preservação do patrimônio pessoal perante credores de uma empresa da qual a pessoa física participe como sócio ou acionista;
  • Proteção do patrimônio pessoal e empresarial;
  • Mais poder de negociação na obtenção de recursos financeiros e nos negócios com terceiro; e
  • Centralização do patrimônio familiar, o que facilita a gestão coletiva.

Agora quanto às desvantagens:

  • Excesso de capitalização: o capital da holding e de suas subsidiárias podem ser agrupados, o que pode resultar em excesso de capitalização. Nesse caso, os acionistas não obteriam um retorno justo sobre seu capital investido;
  • Fraude: existe a possibilidade de manipulação fraudulenta de contas;
  • Exploração de subsidiárias: a holding pode explorar as empresas subsidiárias. As filiais podem ser compelidas a comprar bens a preços elevados. Elas podem ser forçadas a vender seus produtos para a holding com preços muito baixos;
  • Concentração do poder econômico: concentração de poder econômico nas mãos de quem administra a holding.

Como visto acima, assim como qualquer forma de administrar, há vantagens e desvantagens nesse modelo. Por isso antes de tomar a decisão de entrar na sociedade é preciso ter certeza de que é o melhor para a pessoa jurídica.






أحدث أقدم