ENCARGOS SOCIAIS

INSS

Use a Tabela de Cálculo Prático

Acesse a Tabela de Incidência de INSS 

Como usar a Tabela de Contribuição?

A Tabela de Contribuição do INSS possui 4 faixas de contribuição, cada faixa possui um valor que ao ser atingido pela base de cálculo - os salários que somados devem pagar o INSS - passa pagar a alíquota correspondente.  Devemos saber que um empregado pode ter em seu recibo de pagamento mais de um tipo de rendimento. 

Exemplo 1: salário, hora extra, adicional noturno, etc. esse rendimento são somados e posteriormente se aplica a tabela.

Outra questão é quando há faltas e atrasos. Esses eventos devem ser deduzidas da somatória dos rendimentos, e depois se aplica a tabela. 

Exemplo 2: Rendimentos somados R$ 1.630,00 (-) R$ 65,00 faltas (=) R$ 1.565,00 (x)  11% (=) R$ 172,15

Exemplo 3: Se um empregado recebe um salário de R$ 800,00, ele está na faixa 1 e sua alíquota é 8%. Então o cálculo da contribuição é R$ 800,00 x 8% = R$ 64,00.

Exemplo 4: Se um empregado recebe um salário de R$ 2.030,00, ele está na faixa 2 e sua alíquota é 11%. Então o cálculo da contribuição é R$ 2.030,00 x 11% = R$ 223,30.

Exemplo 5: Se um empregado recebe um salário de R$ 4.000,00, ele está na faixa 4 e NÃO possui alíquota e sim um valor teto de R$ 334,29. Se fossemos aplicar a alíquota de 11%, ele pagaria R$ 440,00, porém a legislação limitou o desconto ao teto indicado. 

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADO, EMPREGADO DOMÉSTICO E TRABALHADOR AVULSO,
A PARTIR DE 1º DE MARÇO DE 2008

FAIXA

SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS (%)

1

de R$ 0,00 até R$ 911,70

8 %

2

de R$ 911,71 até R$ 1.519,50

9%

3

de R$ 1.519,50 até R$ 3.038,99

11%

4                              Acima de R$ 3.038,99 R$ 334,29
 

Tabela anterior

TETO INSS: R$ 334,29  

Contribuinte Individual: autônomo ou empresário => 20% sobre o valor recebido pela prestação de serviços até o limite do teto.

Contribuinte Facultativo: optante pelo regime de INSS => 20% sobre a contribuição que deseja participar até o limite do teto. 

Nota: Nenhuma base de cálculo (contribuinte individual ou empregado) deve ser menor que R$ 415,00 e nem maior que R$ 3.038,99, assim o valor a recolher fica entre R$ 83,00 e R$ 334,29. Para o contribuinte facultativo o limite do teto é de 20% de R$ 3.038,99  (R$  607,80). 

IMPOSTO DE RENDA

Use a Tabela de Cálculo Prático

Acesse a Tabela de Incidência do IRRF

Legislação auxiliar IRRF 

Como se calcula o Imposto de Renda?

O cálculo de imposto de renda é baseado na somatória dos rendimentos salariais do empregado. Esses rendimentos salariais são o salário, as horas extras, adicional noturno, adicional insalubridade, entre outros. Após a somatório, para dar continuidade ao cálculo, deve-se deduzir os descontos ou abatimentos que a legislação autoriza, e dentre eles temos: INSS, Dependentes, entre outros. Quando se conclui essa conta, o resultado é uma valor que passa a se chamar Base de Cálculo Mensal,  após a apuração aplica-se a alíquota na qual o resultado se encontra e deduz a parcela de desconto permitida. 

Exemplo 1: Salário R$ 1.000,00 (-) INSS R$ 110,00 (=) Base de cálculo R$ 890,00   ==> Alíquota 0% IRRF (=) R$ 0,00

Exemplo 2: Salário R$ 2.000,00 (-) INSS R$ 220,00 (=) Base de cálculo R$ 1.780,00 ==> Alíquota 15% (=) R$ 267,00 (-) Dedução R$ 205,92(=) IRRF R$ 61,08.

Exemplo 3: Salário R$ 5.000,00 (-) INSS R$ 334,29 (-) 1 Dependente R$ 137,99 (=) Base de cálculo R$ 4.527,72 ==> Alíquota 27,5% (=) R$ 1.245,12  (-) Dedução R$ 548,82 (=) IRRF R$ 696,30.

A PARTIR DE 01 DE JANEIRO DE 2008

Base de cálculo mensal em R$

Alíquota %

Parcela a deduzir do imposto em R$

Até 1.372,81

-

-

De 1.372,82 até 2.743,25

15,0

205,92

Acima de 2.743,25

27,5

548,82

Para efeito de determinação da base de cálculo sujeita à incidência do imposto na fonte, poderão ser deduzidas do rendimento bruto:

a)                 Dependente: R$ 137,99;

b)                Desconto do INSS da folha

c)                 Faltas e atrasos;

d)                Pensão Alimentícia;

Nota: Essas deduções são as mais comuns, mas há previsão legal de outras.

PRAZO DE RECOLHIMENTO DO IMPOSTO DE RENDA

RESPONSABILIDADE/RECOLHIMENTO